Patterns utilizando escalas Simétricas
Versão para impressão

As Escalas Simétricas são escalas que possuem um deslocamento fixo de tons, dentre elas temos a diminuta, aumentada, dom-dim e a hexafônica (whole-tone). Nos exemplos abaixo veremos alguns exemplos das possíveis aplicações dessas escalas.


Pattern 01 – Escala Dom Dim

A escala Dom Dim, também conhecida por ser a inversão da escala diminuta, tem sua distribuição intervalar construída pelo deslocamento fixo de meio tom e um tom, completando então toda a escala, a uniformidade no deslocamento intervalar acaba gerando apenas um shape para escala, o qual é repetido um tom e meio acima do anterior, logo um dos grandes segredos do uso das escalas simétricas é trabalhar por notas, o que pode ser interessante na busca de novas sonoridades.

Aqui nesse exemplo temos um padrão em semicolcheias, onde combino dois formatos distintos de digitação que são muito comuns nessa escala e trabalho eles em outras regiões da guitarra, abrangendo o mesmo padrão em outras oitavas.

A Escala Dom-Dim pode ser trabalhada sobre a segunda cadencial e também pode resolver os seguintes acordes dominantes: Vb9, V#9 e V#4 (modo mixo 4#). Também podemos aplicar essa escala sobre acordes XM7, na intenção de buscar sonoridades mais outsides, aplicação muito comum no fusion.


Pattern 02 – Escala Diminuta

A Escala Diminuta é o inverso da Dom Dim, logo seu deslocamento se faz de um tom e meio tom, também pode ser aplicada na segunda cadencial, mais precisamente sobre o dominante alterado (X7b13).

No exemplo acima temos um uso muito comum da escala, temos aqui um pequeno fragmento repetido em 1 ½ tons, é uma aplicação bem legal da escala, inclusive esse exemplo pode ser aplicado em rock, trazendo uma sonoridade próxima do Classical Rock (Yngwie Malmsteen).



[ VOLTAR ]